E quanto custa investir no PRP?

A partir de 5 mil reais, você consegue acessar o fundo PRP.

Isso já é uma vantagem. A carteira teórica na qual ela foi baseada antes necessitava de 50 mil reais. Agora, com um décimo dessa quantia é possível investir em todos os ativos de uma só vez. Esse é mais um passo rumo à verdadeira democratização dos investimentos no Brasil, da possibilidade de levar ao investidor de varejo o que há de melhor neste mundo, sem distinção alguma frente aos melhores profissionais ou aos multimilionários.

Para que isso fosse viabilizado da melhor forma possível, fizemos questão de fazer o fundo mais barato do que a média da indústria — normalmente, os fundos multimercados brasileiros cobram 2% de taxa de administração e 20% de performance.

O PRP tem 1,5% ao ano de Taxa de Administração e 20% de taxa de performance sobre que exceder o CDI. Ou seja, a taxa de administração é 0,5 ponto percentual inferior ao que normalmente se vê por aí.

Para o caso do PRP, isso quer dizer que a cada 1.000 reais investidos, 15 reais são pagos nessa taxa de administração ao ano. Ela remunera a gestora e o Santander (administrador).

A taxa de performance, por sua vez, cobra 20% sobre o que exceder um determinado benchmark; no caso, o CDI.

Um exemplo ilustrativo para facilitar a compreensão: se o CDI no ano for 10% e o fundo render 15%, isso significa que a taxa de performance incidirá sobre esses 5 pontos percentuais de excesso de retorno. Ou seja, será equivalente a 1% do todo (0,2x5).


Um abraço,
Jojo

db-jojo-img