Expectativa/Realidade

Você que lê os meus relatos aqui do Diário de Bordo sabe que eu estou em meu segundo casamento.

Bom, venho aqui solenemente anunciar a intenção de me casar pela terceira vez. Lá vou eu … (calma Silvia!)

Depois de um longo namoro, a Vitreo pretende se casar com a Empiricus, formando a holding Universa.

Quem acompanha a Vitreo desde o início está careca de saber que a gente nasceu com uma clara sinergia com a Empiricus. Nossos primeiros produtos, como o FoF SuperPrevidência e o FoF Melhores Fundos, além do Carteira Universa, nosso carro-chefe, são todos inspirados em seus relatórios.

A vontade de unir uma das plataformas de investimentos que mais cresce no Brasil com a maior casa de análises do País já era clara. A gente só precisava ver se “daria liga”, se “teríamos química”. Usando um meme da Internet, podemos mostrar as fotos abaixo:

Expectativa/Realidade

db_img_02

Pois é, passados dois anos, percebemos que a sinergia vai muito bem, obrigado. E estamos perfeitamente alinhados em oferecer uma experiência completa para o investidor.

Uma experiência “fechada”, que vai desde a educação financeira e o entendimento do racional por trás de cada uma das operações e estratégias sugeridas (a parte da Empiricus no processo) até a execução prática -- ou a “materialização”, para usar uma palavra que o Felipe Miranda gosta de usar – das estratégias do investimento (a parte da Vitreo no processo).

Uma vez que você entrar no “universo” da Universa, nada vai lhe faltar. É uma proposta “end-to-end" (ou seja, uma proposta que cobre todas as pontas), como o Steve Jobs fazia questão que fosse a experiência do usuário da Apple. Tudo em um único lugar.

Claro que uma união dessa grandeza entre duas empresas importantes do mercado financeiro pode gerar uma série de questionamentos.

E eu vim aqui responder os principais deles.

Em primeiro lugar, queria deixar bem claro e escrito em pedra, se for possível: vamos manter a nossa proposta de diminuir ao máximo o conflito de interesses.

E, sobre isso, é importante que você saiba que nada muda: a Empiricus manterá a idoneidade de sempre, buscando a melhor solução para o cliente, independentemente de estar ou não está presente no grupo.

O lema da transparência é o que conduz as nossas tomadas de decisão. No fim das contas, o assinante Empiricus poderá sempre executar suas transações na plataforma que preferir – e a Vitreo será uma das opções.

Dito isso, claro que nossos fundos inspirados em carteiras da Empiricus têm a tendência de serem indicados por lá.

É uma coerência lógica: são fundos criados a partir das carteiras teóricas deles. São o que há de mais próximo possível da execução prática e material das ideias de investimentos vindas da Empiricus. Tudo com a segurança da dupla validação feita por nossa equipe de gestão.

Outro ponto importante: como vai funcionar a relação entre as empresas se o casamento for aprovado pelo Banco Central?

Estaremos ainda mais próximos, do ponto de vista estratégico, buscando melhores práticas. Teremos um Conselho de Administração na Universa composto por acionistas de Empiricus e Vitreo para definição da estratégia de ambas as empresas.

Vale reforçar que ambas as partes terão autonomia nas suas operações e decisões, porém oferecendo um serviço mais amplificado para o investidor de ponta a ponta, “end to end”.

Por fim, vale responder uma última pergunta sobre o casamento: “Quando os noivos vão cortar o bolo?”

A resposta é essa: os acionistas da Empiricus e da Vitreo estão trabalhando nos contratos necessários para criar a Universa e definir sua governança corporativa.

Além disso, precisamos de aprovações regulatórias do Banco Central para efetivar essa transação por conta da Vitreo DTVM. Imaginamos evoluir bem na criação da Universa até o fim do ano, com as aprovações regulatórias ocorrendo apenas em 2021.

Então é isso, o pedido de noivado está feito, foi aceito por ambas as partes. Estamos felizes e curtindo o momento. Agora, as noivas (afinal de contas, as duas empresas são “a” Vitreo e “a” Empiricus) ) estão entrando com a papelada. Enquanto isso, para você, nada muda.

Se tiver ainda alguma dúvida sobre esse casamento, mande um e-mail para atendimento@vitreo.com.br que ficaremos felizes em responder. Ou... cale-se para sempre (brincadeira, você sempre pode entrar em contato. Acaba aqui a metáfora do casamento).

Semana de Aniversário da Vitreo

Outubro é um mês e tanto para a Vitreo. Nossa empresa faz dois aninhos na quinta-feira (dia do Diário de Bordo) da semana que vem, dia 22 de outubro. Foi um período de muito suor, garra, sonhos e desafios.

Esses dois anos foram a base que prepararam o terreno para o que está por vir.

Pensando em tudo isso e principalmente em você, que esteve ao nosso lado, estamos preparando surpresas para essa próxima semana, para fazer jus àquele estilo bem clichê “A Vitreo faz aniversário e quem ganha é você”. Pode esperar pela materialização dos pedidos que você sempre fez.

Tem sido um ano marcante para a gente, muito desafiador, com muitas novidades, grandes acertos e revoluções dentro de nossa empresa, tudo passando pela maior crise econômica e sanitária do século. Fico feliz por termos muitos motivos para comemorar, mesmo em um cenário tão difícil. Queremos fazer isso junto com você. Aguarde novidades.

Live sobre o PRP com o Rodolfo Amstalden

Ontem conseguimos levar à nossa #VitreoAoVivo a dupla responsável pelo relatório PRP (que inspira o nosso fundo de mesmo nome), da Empiricus.

O sócio-fundador da Empiricus, Rodolfo Amstalden, e o Richard Carboni, da equipe dele. Os dois têm mais o perfil “ermitão”, aparecem pouco, mas quando o fazem vale a pena. No chat da Live descreveram bem: “Rodolfo, o gênio enjaulado!”

O papo foi muito bom, de altíssimo nível. Assuntos como “mediocristão”, “extremistão”, Taleb, física quântica e Warren Buffett foram abordados, para você ver como a coisa foi ampla. Ah, e claro, também conversamos sobre a união de forças da Empiricus com a Vitreo, na holding Universa (sempre lembrando que a união dependerá da aprovação do Banco Central).

O PRP é um fundo que investe em diversas classes de ativos, focado no longuíssimo prazo. Com isso, para fazer uma comparação com o Carteira Universa, o PRP é um fundo que “mexe” muito menos em sua alocação e não se obriga a bater o benchmark (o CDI) no mês a mês, se permitindo olhar para horizontes mais longos. Ou, nas palavras do Richard, “a diferença do PRP e do Carteira Empiricus (que inspira o nosso Carteira Universa) é que o Felipe ficou careca e eu e o Rodolfo estamos aqui, com nosso cabelo”.

O PRP foi lançado no final de agosto do ano passado e, desde então, sobe 4,86% (o CDI nesse período foi de 4,14% enquanto o Ibovespa sobe apenas 1,16%), sendo que nos últimos 6 meses está subindo e está com 12,71% (o CDI nesse período foi de apenas 1,04% enquanto o Ibovespa sobe 23,39%). Esses dados estão baseados na cota de 14/10/2020.

Clique abaixo para assistir à excelente Live:

Quero assistir à live do PRP com o Rodolfo Amstalden

#umfundopordia - Prateleira de Fundo

A nossa hashtag umfundopordia foi idealizada para colocarmos nossos melhores esforços em busca de trazer um leque de produtos bem amplo, com estratégias distintas, lideradas por gestores competentes e que complementem as opções que já oferecemos.

Hoje a plataforma conta com mais de 70 fundos disponíveis, com propostas bem diversificadas, incluindo alguns fundos temáticos, como os fundos da JGP voltados para o tema ESG e o fundo PIPE do Pátria.

Esta semana tivemos um hiato nos lançamentos, necessário para retomarmos o folego para os próximos. De toda forma, para a semana não passar em branco, lançamos hoje o fundo Macro Capital One FICFIM, o carro-chefe da Macro Capital. Fundada em 2019, a casa conta com uma equipe experiente, como Mauro Bergstein e Nilson Teixeira, e se utiliza de modelagem matemática como ferramenta para tomada de decisão.

A partir da próxima semana você já pode transferir para a Vitreo as cotas dos fundos que você tem em outras plataformas e que já são distribuídos aqui, e participar do programa de Cashback sem conflitos. Está esperando o quê?

Pergunte ao Jojo

db_img_03

Primeiramente vale dizer que a regulamentação depende do país de origem e, na China, tudo é mais complicado nesse sentido. O Ant Group inclusive já captou recursos para o IPO através de seu próprio aplicativo Alipay, ato que ainda está sob escrutínio dos reguladores chineses.

Um período de silêncio começa alguns meses antes do protocolo do prospecto de oferta pública no regulador e termina depois do encerramento oficial da oferta e precificação. A intenção é homogeneizar a informação dos potenciais investidores para que nenhum obtenha vantagens indevidas.

Sou cotista do Carteira Universa e do Carteira Universa Prev. Noto alguma descorrelação entre o valor das cotas. O valor do FIM está melhor que o da previdência. Quando iniciei meus aportes entendi que ambos teriam uma correlação mais parecida. Não sei se isso foi só um efeito adicional do início do fundo previdenciário que deve “melhorar” com o tempo, mas realmente fiquei intrigado. Gostaria de algum insight que pudesse justificar isso.

A correlação estatística entre os retornos diários dos dois fundos é altíssima: +0,95 (a correlação é medida de –1 até +1). Mas de fato o retorno acumulado divergiu um pouco neste começo, principalmente no primeiro mês do fundo Prev. Em julho, o fundo Prev rendeu 1,75% enquanto sua contraparte rendeu 4,16%, principalmente devido às montagens das posições.

Mas também existem diferenças na alocação que podem gerar divergências nas cotas, dado que o fundo Prev não pode investir em ações no exterior, nem em Swaps. Portanto ele não tem posições em prata, moedas (Yen, Libra, Euro e Franco Suiço), criptomoedas e ações como Square e Stone, aplicando em ativos “equivalentes” permitidos.

De qualquer maneira, acreditamos que o fundo Prev, no longo prazo, vai conseguir capturar a essência do Carteira Universa e retornará bons resultados aos nossos cotistas.

fonte: Bloomberg, dados de 30/jun a 13/out

Recado do Hara

Fábio Hara é o nosso head de desenvolvimento de sistemas. Toda semana ele manda um e-mail para a empresa toda contando das novas funcionalidades que “subiram” para o app e para o site.

A partir de hoje é possível cadastrar mais de um banco na área logada do nosso site (a partir de amanhã à noite, será possível no app).

Para fazê-lo a partir do site, basta acessar o menu e depois a sessão “Dados bancários”, conforme abaixo.

db_img_04

Na tela dos dados bancários agora você encontra o botão “adicionar nova conta”, que permite você adicionar quantas contas quiser. É importante, no entanto, que você defina uma delas como a conta principal, conforme os destaques abaixo.

db_img_05

Pronto, agora você não precisa mais usar apenas uma conta bancária para resgatar/aportar mais dinheiro na Vitreo.

Um abraço,

George "Jojo" Wachsmann

CIO e sócio fundador da Vitreo Gestão

Economista pela USP, com mestrado pela Stanford University e mais de 25 anos de experiência no mercado, passou pelo Unibanco (onde ajudou a montar a área de fundo de fundos) e anos mais tarde montou a Bawm Investments que foi mais tarde comprada pela GPS - a maior gestora de patrimônio independente do Brasil onde ele também trabalhou por anos, cuidando de fortunas.

Entre no Telegram da Vitreo

O canal oficial da Vítreo no Telegram está esperando por você. Nele, você recebe tudo na mão: lançamentos, oportunidades, novidades, atualizações de mercado, recomendações de alocação, guias de investimentos e muito mais.

Sem contar alguns áudios que eu e o Kiki mandamos com um panorama dos mercados. E até um ou outro vídeo que a Sofia manda tomando um cafezinho, convidando para os plantões de dúvida.

Faça parte agora